Image Map

domingo, 5 de julho de 2015

AF: Simplesmente Acontece (zayndopada)

Fanfic / Fanfiction de One Direction - Simplesmente Acontece (Louis Fanfiction)


Fanfic (link)
Amooor ♥ Obrigada pela preferência, que honra a minha fazer uma avaliação para outro trabalho seu! Fiquei tão feliz, haha. Espero que goste desta AF, caso o contrário refaça o seu pedido. Beijos e toda a sorte para você! 

Aparência (Capa + sinopse): 1,7 de 2,0
Bom, adorei a edição da capa, não ficou algo exagerado com muitas colorings e texturas, mas conseguiu chamar a atenção do leitor do mesmo jeito. Percebi que partes das texturas que compõem a capa acabaram não sendo totalmente apagadas do rosto do Louis. Por mais que a designer quisesse “enfeitar” a foto, isso acabou sendo um ponto negativo. Mas ao todo o design está excelente e não tenho o que reclamar dele.
“– A vida é um jogo, Sarah. Você precisa saber usar as estratégias...”.
Por mais que esse diálogo posto faça parte de uma sinopse, ela precisa manter o uso do travessão (pontuação usada para começar diálogos. Atalho: Alt+0151). Outra coisa que vale lembrar: essa é uma citação do texto, portanto precisa estar entre aspas.
“E tudo simplesmente acontece após Louis aparecer em sua vida e fazer seu coração bater mais rápido, transformando sua vida de maneiras que ela jamais imaginou.”
A palavra “vida” está repetida duas vezes, tornando a leitura cansativa. Um jeito fácil de mudar isso é substituí-lo por pronomes oblíquos que tem justamente essa função. Vamos trocar a segunda “vida” pelo pronome “a”.
“... Aparecer em sua vida e fazer seu coração bater mais rápido, transformando-a de maneiras...” — reparou? Bem melhor, não é mesmo?

Ortografia: 2,8 de 3,0.          
Não tenho muito que lhe alertar apenas coisas básicas de pontuação. Além de servir para começo de diálogos, o travessão também tem outras funções. Uma delas é separar explicações. Exemplo:
·         Minha mãe — que na verdade era madrasta — brigou comigo.
Entretanto ele nunca terá função de hífen para ligar o verbo + pronome. É erro escrever: leválo com esse travessão empregado. O certo seria: levá-lo, com hífen (-).
Começou um diálogo com travessão? Termine com ele! Como eu disse, ele também serve para separar explicações, apostos, etc.

Criatividade: 0,8 de 1,0.
Achei interessante essa ideia de ter que se casar para herdar os bens da família, porque a Sarah é sim uma pessoa sem juízo, haha. E não leio muitas fanfics que têm esse tema-base o que é bastante interessante. Contudo, dois fatores tiraram parte da sua criatividade e te fizeram cair um pouquinho no clichê. Em muitas, muitas fanfics, existem empregadas domésticas amáveis e que seus nomes sempre começam com a letra M (ok, acho que a segunda observação não foi muito relevante).  A escolha dos nomes não encaixou na fanfic. Vemos que o nome de um dos personagens é Alonso (nome/sobrenome que vemos frequentemente no Brasil) e outro é Chloe (nome muito utilizado por americanos), portanto essas duas informações não “batem”, entende? Elas não combinam! Mazé também é outro exemplo. Raramente, quase nunca, americanos acentuam vogais. Outro brasileirismo desnecessário. Você deveria ter um pouquinho a mais de criatividade nos nomes, pesquisar por eles... Isso faz parte de uma construção de fanfic. Existem sites que disponibilizam isso, um deles que eu uso bastante (link) tem praticamente 1000 nomes e seus significados. Enfim, no enredo você está de parabéns, a ideia é praticamente original.

Clichê: 1,8 de 2,0.
Seu enredo é interessante, a personalidade dos personagens foi a que mais me impressionou (do Louis, é claro). O que eu imaginei foi praticamente o contrário a respeito dele. Confesso que ri muito quando a Sarah descobriu que seria secretária e que não uma gerente ou coisa do tipo. Acredito apenas que o que lhe tirou pontos foi a escolha da personalidade de alguns personagens (Mazé, como exemplo) e a falta de pesquisa e criatividade sobre nomes americanos. Sua trama é praticamente original e não vi muitos defeitos nela. Congratulations!

Crítica Final: 3,0 de 3,0.
Sua fanfic não é ruim, fique calma. Os erros mostrados acima são bobos, porém importantes. Acredito que todo escritor precisa tentar ser o mais perfeccionista possível, porque às vezes é isso que pode nos dar pontos a mais. Nunca se esqueça de cada detalhe, cada “porém”. Porque pode (e vai) fazer a diferença. Pergunte-se a si e crie vários fatores: E se não fosse assim? E se fosse de outra maneira? É assim, acredito eu, que o enredo é criado, a partir de contradições. Não tente se inspirar em fanfics diferentes, mas tente ser o máximo possível original. Creio que conseguiu isso, agora é com você! Quero saber quais serão os próximos passos de Sarah e me divertir muito com a personagem!
Nota: 10,0 — Maravilhoso!


Nenhum comentário :

Postar um comentário