Image Map

terça-feira, 12 de abril de 2016

AF: Srta. Castidade (Lady D)

Srta Castidade


Demorei, mas dessa vez não foi proposital, juro kkkkk. O estágio, semanas de provas, me deixaram sem tempo... e louca. Você sabe. 
Mas vamos lá!
Acho que tenho me esquecido de te agradecer pelas preferências ultimamente, então... Obrigada. É bom saber que tenho uma opinião tão valorizada por você. <3



Capa: 1,8 de 2,0

O que eu mais curto nessa capa é o contraste que o tom inocente das cores e a foto da Lucy faz com as fotos do macho. Ficou perfeito -- o lado casto e o lado pervertido se uniram, e olha... Foram feitos um para o outro, o que nos faz supor que é o que acontece na fanfic ou não
Minha única "entortação" de boca foi para o rosto mais apagado (do lado do abdômen perfeito). Tá ok que foi colocado ali para preencher o espaço vazio, mas me incomoda um pouco. 
Mas nem isso tirou a beleza brilhante da capa. Parabéns, Miss America!



Sinopse: 1,9 de 2,0


Sua sinopse é brilhante. Curta, mas com a medida certa de informações; direta, mas que nos deixa absurdamente curiosos.
Amo tudo nela, até as palavras usadas e tão bem encaixadas. Não mudaria nada.
Mentira, mudaria sim, mas nem é lá essas coisas - mude só se quiser mesmo.
Na parte "usar roupas visualmente masculinas", não entendi muito bem o sentido de "visualmente" (entendi, só não usei a palavra correta por falta de uma melhor).
Veja, encontro dois sentidos para essa palavra aqui:
1) visualmente de obviedade, tipo "ela está usando as roupas do irmão dela, olha lá"
2) visualmente de esteticamente, tipo "a roupa é feminina, mas é tão horrorosa que parece masculina".
Entende? Por isso eu gostaria de ver outra palavra no lugar de "visualmente", só pra saber qual é o verdadeiro sentido hahaha. 


Ortografia: 2,9 de 3,0


Você é a prova viva de que a prática melhora o extraordinário (uma teoria doida que acabei de inventar).
Estou sempre avaliando histórias suas, sempre me encantando com sua escrita e enredos diferenciados. Só que essa one em especial me provou todo o seu potencial.
Entenda-me bem: em apenas uma one-shot você criou todo um universo, uma vida com bastante detalhes e que nos envolve de uma forma inconsciente e sem volta. Isso se deve a uma narrativa absurdamente madura, bem pensada/estruturada/realizada. 
Os erros que encontrei - apenas dois, se li com muita atenção - foram bobíssimos, aquelas pragas que passam sem a gente ver ("E nunca trás mulheres...", "O cheio do suor..."), mas que são facilmente perdoados quando corrigidos. 
Só... parabéns, cara.



Enredo: 3,0 de 3,0


Sim, eu quero mais! EU QUERO MAIS COLE!
Se eu estou dizendo uma coisa dessas... Já sabe, né. Tu merece mais do que um simples "parabéns" por essa one-shot.
Como quase tudo de Enredo eu já disse em Ortografia, deixe-me só acrescentar mais algumas coisinhas: eu adorei os personagens -- destaque para como você se aprofundou em cada um deles em pouco espaço de tempo --, todo o espaço -- incrível como uma história tão completa se passou em apenas um prédio --, enfim... Tudo. 
*Importante ressaltar: a sinopse contribuiu 100% na criação da história; foi um complemento sensacional. Estão vendo como uma boa sinopse tem super poderes?*
Queria poder reclamar de algo (odeio dar nota máxima, isso vai contra o estatuto docente u.u), mas né, não consegui. 
Quer saber? Palmas pra você! 
depois dessa, me mate, eu mereço


NOTA FINAL: 9,6 de 10


xx,




2 comentários :

  1. Lights, sua maravilhosa.o que dizer dessas notas e esses elogios que me tiram o fôlego? A reclamação geral da mulherada foi sobre a inexistência do Cole e vejo que faz parte do fã clube. Sobre agradecer as preferências, nem precisa. Você merece cada uma delas

    ResponderExcluir